Através do processo de maceração das cascas das uvas pretas no mosto.

O vinho tinto é produzido a partir da fermentação da uva, mais especificamente do suco da uva, ou mosto que é retirado das uvas tintas ou pretas.

É preciso que ocorra a maceração das cascas das uvas pretas no mosto, esse processo garante ao vinho uma cor sanguínea com sabores e características especificas.

O processo de maceração é o descanso das cascas no mosto, com isso, o tipo da uva usada e o tempo deste processo é que vão garantir a coloração e intensidade do sabor do vinho tinto produzido.

Colheita das uvas para a preparação do vinho

Austria --- Blaufränkisch grapes being cut from the vine with shears --- Image by © the food passionates/Corbis

Image by © the food passionates/Corbis

Na maioria das vinícolas, a colheita da uva é feita de uma forma manual. São usadas tesouras especiais para fazer o corte dos cachos, que são armazenados em caixas de plásticos ou vime. Também pode ser feita através de colheitadeiras mecanizadas.

Bins of Harvested Grapes --- Image by © moodboard/Corbis

Image by © moodboard/Corbis

Produção do Vinho Branco

Para a produção do vinho branco, é feito o descarte da casca. Diferente do vinho tinto, onde tudo é usado e vão para o tanque de maceração. O processo que faz a coloração do vinho, se deve as antocianinas (substância responsável pela coloração da casca).

Em aproximadamente 4 dias, o suco já ganha a sua tonalidade vermelha bem viva. O processo de fermentação faz com que seja produzido o álcool. A fermentação libera o gás carbônico, o que faz o mosto subir e ficar acumulado no topo do tanque.

Para ficar com uma cor homogênea ou líquido que está embaixo é bombeado duas vezes por dia para cima esse processo chama-se remontagem.

Após quatro dias é feito a interrupção da remontagem. Neste processo de separação que envolve o mosto e o líquido, é aberto o registro na parte debaixo do tanque de montagem para liberação do suco.

Geralmente o mosto que sobra volta para uma prensa, onde será gerado um vinho de menor qualidade.

Processo de Fermentação do vinho tinto

Para o processo de fermentação natural do vinho, são acrescentados leveduras dissolvidas em água. É aquecido o tanque em 30º C. São colhidas amostras diárias. Durante um período de 2 a 10 dias o açúcar presente vira álcool até atingir o teor desejado entre 7 a 14% do volume.

Antes de ser engarrafado é feito uma série de filtragens para deixar o vinho com aparência mais límpida. Logo após é feito o seu envase.

01 May 2015 --- Still life with wine bottle, wine glasses, cheese and grapes --- Image by © Val Thoermer/Westend61/Corbis

Image by © Val Thoermer/Westend61/Corbis

Compartilhe com seus amigos!

 

 

(Visited 13 times, 1 visits today)