Um estudo realizado na Universidade do Sul da Califórnia, com quase 180 mil americanos em um período de até 18 anos, concluiu que a ingestão de 4 ou mais xícaras de café por dia, pode reduzir em até 42% o risco da pessoa desenvolver a forma mais comum de câncer de fígado.

Ao longo deste período, os voluntários foram monitorados com testes constantes de consumo de café em suas rotinas.

Conforme os resultados dos estudos, quem bebia mais café, tinha menos chance de desenvolver um câncer de fígado.

Confira abaixo o exemplo, comparando com uma pessoa que toma apenas uma xícara por dia.

  • De 1 a 3 xícaras por dia = 29% de chance menor de desenvolver o câncer de fígado.
  • + de 4 xícaras por dia = 42% menor de desenvolver câncer de fígado.

Concluíram que as pessoas que tomam mais de 4 xícaras por dia reduz quase na metade o risco de desenvolver câncer de fígado.

Já que estamos falando do benefício da cafeína para o fígado, estudos científicos também apontam vários outros benefícios da ingestão de café, tanto na prevenção de doenças hepáticas, como na ajuda do tratamento da HEPATITE B e C.

Especialistas recomendam de duas, a cinco xícaras de café por dia, resultando em uma melhor chance ao tratamento antiviral.

Em outro estudo desenvolvido no Japão, onde mais de 20 mil pacientes com doenças hepáticas crônicas, pode ser observado uma redução significativa no risco de câncer primário de fígado naqueles que consumiam café com frequência.

Vale lembrar que além de ser uma bebida deliciosa, o café tem inúmeros benefícios para a saúde, assim como também alguns malefícios.

Mas como nada substitui aquela sensação deliciosa de tomar uma xícara de café, seja sozinho ou acompanhado dos melhores amigos, e como podemos ver aqui, que os benefícios são inúmeros…

.

[Fonte: Exame – Drauzio Varella]

(Visited 50 times, 1 visits today)